quarta-feira, 5 de março de 2014

Pimentinha

CDzinhas são como Pimenta, são picantes na hora do amor.. quando esta acompanhada se entrega pra valer, sem frescura, gosta do que faz.. faz com tezão!


Hmmmmmmmmm... É Muito picante! rsrs

segunda-feira, 3 de março de 2014

Crossdresser.. Mulher, Amante.

Loucuras cometidas por homens.

   Todas nós já cometemos loucuras pelos homens nossos de cada dia : Já saímos montadas na rua, recebemos os bofes em casa, mesmo não morando sozinhas ,roubamos calçinhas e roupas de irmãs, até ligamos pro homem da outra pra provar da sua masculinidade. Mas, o que eles fazem para estarem conosco, buscando um prazer , muitas vezes, um grande desejo contido?
   Além das velhas e clássicas desculpas do bar e futebol, podemos analisar que se trata de algo como um fruto proibido, que eles desejam comer a qualquer custo. Ficam sem almoço, acordam de madrugada, inventam as desculpas mais espetaculares, doenças, somente para ficar ao nosso lado. Merecem eles um pouquinho de crédito pelo esforço que fazem ? Seria tão sacrificante para eles ficarem sem nossa alma e beleza femininas, serão eles bem tratados pelas mulheres?
   Podemos analisar também que a maioria deles é ativo/ versátil, temos poucos relatos que homens que tem namorada ou esposa, que são passivos, ou seja, aquele argumento que uma cdzinha pode ser ativa e uma mulher não , parece não ser mais a desculpa. Muitos homens adoram essa vida dupla, de serem desejados de um lado, e ostentados pelas mulheres de outro. As crossdressers sabem satisfazer um homem como nenhuma mulher é capaz, pois não tem compromisso , além do prazer e da diversão. Depois de irem embora, satisfeitos de sexo feito com vontade, pegada, força, eles voltam para a vida metódica, com obrigações, brigas, etc.
   Enfim, entendo que a crossdresser é como uma fuga, um ideal de mulher e amante, que os homens perseguem, mas que as mulheres não estão aptas a atingir
.


sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

aaaah Saudade! ;p


Meu Gato mandou pra mim no e-mail, só pra me provocar e me deixar louquinha de saudade, de meter todo esse pau gostoso na boquinha e me deliciar muito... com ele no meu rabinho sentindo cada centímetro e depois beber todo seu leitinho!

Não vejo a hora de nos encontrarmos novamente, a sua Vadiazinha esta morrendo de saudade.

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Uma Terça Feira Maravilhosa com Meu Gatão Gostosooo

Depois de muitas conversas via E-mail, até que resolvemos marcar de ir a um Motel, na hora que combinamos cheguei Montadinha, uma calcinha rosa fio dental, sutiã tbm rosa, saia cós alta preta coladinha, e uma blusinha muito linda, estava calçando uma sandália prateada, estava  com um batom beeeem vermelho, maquiada e com um lindo detalhe no cabelo, estava linda, prontinha pra encontrar o meu MACHO.
                Chegando no motel na hora certa, muuito pontual, lá esta o carro dele, já me aguardando, parei meu carro perto ao dele, fechei tudo, e fui em direção ao seu carro, desfilando como uma verdadeira mulher, sedenta de prazer... Entrei em seu carro, ele me deu um beijo gostoso em meu rosto, ele era grande, um homem maravilhoso, gostoso.. eu amei.. rsrs
                Entramos no motel, deixei minha jaquetinha em cima do balcão junto a minha bolsa, ele me olhou fixamente, pegando em minha cintura, me elogiando muito, me chamando de gostosa, e dizendo que eu era linda.. fiquei muito feliz com todos aqueles elogios.. abracei ele muito, virei de costas e dei algumas reboladinhas em seu pau por cima da calça.. ele ficou doido.. rsrs me beijou o pescoço, as costas.. me apertou muito.. me virou junto a ele e me lascou um beijão.. de língua.. aquela língua percorreu muito a minha.. que logo nos deitamos na cama.. ficamos nos amassando bastante, ele apertava minha bundinha.. e eu adorava, aquela mão grande percorrendo todo o meu corpo.
                Ele abaixou o zíper da calça jeans e caiu um pau muito lindo, que logo cai de boca nele, chupava como uma femeazinha.. meti a lingüinha com vontade naquele cacete gostoso, ele não deixava eu por a mão nele, queria que eu metesse a boquinha apenas, adorando ser submissa aquele homem, logo eu me virei de 4 para ele, e ele adivinhou o que eu queria, meteu a língua no meu rabinho guloso, aaaai que boca gostosa, estava delirando com aquela lingüinha deliciosa no meu rabo.. eu gemia de prazer, pedia pra ele não parar, pra meter com vontade.. meu rabinho estava molhadinho já.. ele virou seu cacete mais um pouquinho pra sua Putinha chupar mais um pouquinho, e eu claro.. como toda putinha obediente, mamei é claro, com muito gosto.... meu macho pediu que eu ficasse de 4 pra ele, que ele queria meter no meu rabo, eu virei pra ele, e pedi.. vem meu gostoso.. vem meter na sua vadia gostosa.. vem..
ele foi, meteu com carinho no inicio, e aos poucos foi me fazendo ver estrelas... cada estocada dele, eu gemia forte, pedia mais.. pra me foder gostoso.. pra comer a sua fêmea com gosto.. logo após tirou rápido seu pau de dentro do meu cúzinho.. e pediu pra que eu colocasse a boquinha que ele queria gozar na minha boquinha, eu aceitei.. abri bem minha boquinha.. e ele ficou de masturbando até que jorrou todo aquele leitinho delicioso em minha boca.. aaai que gostoso, me senti uma verdadeira puta, sendo fodida por aquele homem e depois beber o seu leitinho.. rsrs
                Fui ao banheiro me limpar.. e me ajeitar, voltei e tínhamos que ir, pois ele morava longe.. e ainda teria que pegar uma boa estrada..
                Meu Macho claro, pagou a conta do motel, me beijou e se despedimos.... e eu fui pra casa, toda feliz pela noite gostosa.! 

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Sem Tempo - Correria :s

"Ola meu amores, estou aqui me explicando pelo tempo que não entro mais em meu blog e em meu Skype,
devido ao meu tempo, estou estudando bastante e trabalho o dia todo, mas não abandonei o mundo Crossdresser não, estou sim a procura de muitas aventuras com Homens que adoram cdzinhas assim como eu, bem feminina e submissa ao MACHO, peço por gentileza que pessoas de SP ou outros estados que não seja Santa Catarina, que aceito sim os contatos, mas não é isso que procuro, pois procuro algo Real e aventuras Reais, peço desculpas se as vezes fico muito tempo sem postar ou entro no Skype, mas estou sempre aqui respondendo os e-mail a que forem mandados a mim, Também não tenho local para encontros peço gentileza que marcamos apenas por Skype mesmo ou e-mail algum local, e ir a algum Motelzinho, pode ser baratinho o importante é a descrição e a companhia, rsrs Então não marco nada por telefone, Desculpa! Como toda CDzinha gosta, é de Muuuuita descrição mesmo, e pode ter certeza que sou mesmo. Adoro Sexo 100% Discreto".



Um Grande Beijo Diessika CD

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

CONTO - SEXTA FEIRA DELICIOSA II - FIM

Continuando minhas aventuras, de sexta feira, Após conhecer SV em frente a um Motel, eu o convidei a entrar, ele topou, e se dirigimos a entrada, pegamos um quarto ele muito atencioso, educado. Paramos na garagem, aonde havia uma escada para a entrada do quarto, ele me mostrou com a mão pra que eu subisse primeiro, que cavalheiro né? Rsrs ; Subimos entramos no quarto, sentei em uma das cadeiras que tinha, ele sentou na cama, me perguntou se eu gostaria de beber alguma coisa, eu disse que não, mas eu adooooro vinho, mas provavelmente não tinha. Estávamos muito Tímidos, eu por ele estar um pouco com receio pela primeira vez, pra mim ficou um tanto quanto constrangedor, mas enfim... tentei quebrar um pouco o gelo, tentando abraçar ele, peguei em suas pernas, fiquei apertando ele, rsrs.. logo fiquei de joelhos, e disse que queria fazer um carinho nele, ele se levantou na hora e disse – Então mostra o que você sabe fazer, uau, tirei sua cinta, abaixei o zíper da calça, logo sua cueca Box branca.. pulou um cacete maravilhoso em minha frente, ainda estava mole, mas eu fiz questão de mudar isso logo logo.. rsrs, beijei ele muito, passei a lingüinha do ladinho, na cabecinha, não demorou muito ele estava a ponto de bala, durão em minha frente, e daí eu pude aproveitar bastante cada centímetro dele em minha boquinha, abocanhei com muita vontade, e também com muito carinho, bati ele no meu rostinho, ele estava delirando de tesão... perguntei se estava gostoso, ele quase não falava, me disse que estava muito, me contando a historia de uma menina que ele comia a um tempo atrás que acabou indo embora, ela era profissional no assunto ‘Oral’, e eu ali chupando cada vez mais aquele pauzão delicioso, até que eu me levantei e disse que queria dar para ele porque não agüentava mais, queria muito ser fodida por aquele macho gostoso.. fiquei de quatro e pedi pra que ele passasse o lubrificante em meu cúzinho, até ai ele foi bastante carinhoso, passou direitinho, eu rebolando em seu dedinho, colocou a camisinha e começou a forçar, só que ele não teve dó de mim, colocou com tudo, eu quase morri, rsrs, chamei ele de bruto, que não podia ser assim, doeu muito, ele me pediu desculpas, pois nunca tinha feito aquilo, eu entendi, e pedi pra ele sentar na cama, ele sentou e eu comecei a sentar nele bem devagar, sentindo primeiro sua cabecinha entrar, e depois entrando aos pouquinhos, até que entrou tudo em meu rabinho, comecei a subir e descer devagar, sentindo cada centímetro entrar, estava muito gostoso, coloquei minhas pernas também em cima da cama, como se estivesse de croque e fui rebolando cada vez mais rápido em seu pau, comecei a gemer baixinho, estava muito delicioso, mas eu queria mesmo é apanhar de 4 daquele homem gostoso, sai de cima dele , e fiquei ao lado de 4 em cima da cama, disse – Vem, me come de 4 agora, ele se posicionou atrás de mim e foi metendo, agora eu já estava mais acostumada, e deslizou bem gostoso; ele começou a estocar, cada vez mais forte, e eu gretei pra que ele – Me fode gostoso, vai, ta gostoso, e ele aumentando cada vez mais, até não agüentando, me jogando pra frente, e eu caindo de bruços na cama, tinha gozado... Foi maravilhoso, ele foi ao banheiro, se arrumar, enquanto isso eu me vestia novamente, ele voltou, eu fiz mais uns carinhos em seu pau, disse a ele que tinha adorado ele, ele também, me elogiou bastante..... Pagou a continha no motel e me deixou ao lado de meu carro, dei um beijo em seu rosto, e disse que foi um prazer conhecê-lo, FIM. 

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

CONTO - SEXTA FEIRA DELICIOSA I

Olá meus queridos, vou contar o que me aconteceu em uma sexta feira, alguns dias atrás;


Tudo começou quando conheci uma pessoa no Chat, trocamos Skype enfim..
ele era uma pessoa bastante carismática, muito simpático, o meu Nick era CDzinha, mas como muitas pessoas ainda não conhecem o significado, as vezes quando o Homem vem chamando agente na conversa eu costumo já dizer, é chato ficar sempre dizendo mas até ai tudo bem, nesse dia esse Homem que vou Chamar de SV, me adicionou mas eu não expliquei nada a ele, achando que talvez ele já soubesse que eu era H, uma crossdresser melhor dizendo, papo vai e papo vem, até que ele me perguntou, você é H? Eu dice sim, achei que soubesse, ele – não, não sabia, aff pensei, rsrs. A Conversa estava muito legal, alguma coisa tinha que acontecer, ele logo após me disse que achou interessante, tinha gostado de mim e tal, fiquei doida né.. Ele me adorou, e queria muito me encontrar, conversamos 1 semana, e em uma sexta feira marcamos o encontro, marquei o lugar e disse a ele que quando estivesse no local entraria no Skype e avisava que já o esperava. Pois bem, sai de casa, e fui no horário marcado para o local, me montei toda dentro do carro mesmo, nunca tinha me arrumado dentro do carro, é horrível, mas foi assim mesmo; Peguei o celular e fui entrar no Skype para avisar o SV que estava pronta na sua espera, rsrsr.. tava doida de tesão .. louquinha pra chupar uma boa Rola de macho gostoso e dar muito prazer pro meu Homem. Pois bem gente, acredita que não consegui me conectar com a Internet, alguma coisa estava acontecendo, mas eu estava odiando.. rsrs. Fiquei na tentativa mais de 40 minutos, sai do carro.. levei cantada de um motoboy que estava passando, me senti desejada.. nunca tinha saído na rua montadinha.. Pensei, poxa hoje não é meu dia, meu encontro foi pra água abaixo, sai do local e me conduzi em um quarteirão mais calmo, aonde não passa muitas pessoas na cidade, e resolvi encostar o carro ali mesmo e dar uma voltinha toda montadinha, andei, desfilei um pouco, fui dar uma voltinha, passava alguns carros, uns quase parando.. aquilo estava me deixando bastante doida, pensei – Vou dar mais uma voltinha e voltar para o carro e ir embora mesmo, fui me virar um carro ao meu lado quase parando, mexeu comigo, me chamou de gostosa, eu apenas sorri, sou super Tímida, Era um Coroa, tinha 42 anos, mas aparentava menos, muito bem conservado, ele me chamou e eu fui ao seu encontro.. Me disse que eu era linda, maravilhosa, gostosa, eu eu bem boba recebendo todos aqueles elogios, confesso que estava com medo, pois era um desconhecido, em um encontro ali na rua, ... Nisso perguntou o preço do programa, Pensei comigo, E Agora?? Programa?? Não faço isso, mas confesso que estou dando uma bandeira de uma Puta na rua não é? Rsrsr.. resolvi dizer R$30,00. Ele me olhou, e disse pra mim entrar em seu carro, entrei, conversamos um um pouco e em um impulso apertei as suas pernas, queria muito dar para ele ali mesmo, estava louca de tesão, fiquei acariciando o seu pau por encima da calça, e ele adorando, me disse que eu estava cobrando barato, pois na cidade as trans estavam cobrando bem mais caro, eu apenas ri.. e pensei ‘’Pra esse gostoso eu dava de graça’’ rsrs agarrei o seu pau, resolvi tirar ele de dentro da calça, era uma uma rola linda, grande, aaaai aaai né meninas, não resistimos né? Cai de boca nela ali mesmo, até agente chegar em um local bem discreto que ele tinha me levado... parou o carro e eu fiquei de quadro, e abocanhei com vontade o seu pauzão, mamei demoradamente, sentia cada centímetro dela todinha na minha boquinha, ele me chamava de Putinha, safadinha.. deliciosa.. e eu adorava, como toda cdzinha, adora ser submissa e ser chamada assim.. eu apenas gemia, e metia mais e mais minha boquinha até o fundo daquele cacetão gostoso, até que ele me pediu pra subir em cima, tirei minha micro saia, coloquei a camisinha nele, sempre com camisinha né meninas?.. e subi em cima, fui encaixando aos pouquinhos sentindo ele até entrar todinho no meu rabinho guloso, fui cavalgando lentamente, até aumentar mais os movimentos, não demorou umas 7 ou 8 estocadas na minha bundinha ele já gozou, afff.. rsrsrs
eu dice já? Ele – Já , me desculpe gatinha, você é muito gostosinha.. rsrs, me achei né.. rsrs..
Foi ótimo pensei, isso tudo não estava nas minhas idéias daquele dia, e agora pelo menos poderia ir para casa, mais tranqüila.. ele me deixou no mesmo lugar aonde se encontramos, queria telefone e perguntou se eu estaria ali no dia seguinte novamente, eu disse que sim, mantendo minha posição de Garota de programa, rsrsrs.. sai do carro me despedi dele, e corri para meu carro, tirei toda minha roupinha, me arrumei.. e fui em direção a minha casa.... pensando no SV, que talvez estaria puto da cara de não cumprir com o combinado, resolvi parar e entrar no skype pra me explicar, e dessa vez entrou, que coisa né? Ele estava la, me disse que esperou um tempo na internet e nada, e eu expliquei tudo a ele, que não conseguia entrar na net, enfim.. ele me desculpou.. me perguntou aonde eu estava, e por incrível que pareça estava frente ao um Motel da cidade, queria muito me encontrar.. pelo manos pra conversar e se conhecer, confesso que não gosto muito de conversar, eu gosto de ação mesmo, rsrsrs.. mas aceitei, pedi a ele 15 minutos, pois tinha que me arrumar novamente, e deu certinho, marcamos na frente do motel, eu só terminei de me montar ele apareceu, me vesti nas pressas, foi muito na corrida, estava ofegante já, rsrs.. fechei o carro e fui em direção ao dele, SV era um moreno muito lindo, super simpático mesmo como agente se falava na Internet, mas logo que entrei em seu carro, estava todo sem jeito, e eu fiquei também, ele me disse que era a primeira vez dele.. estava todo desconfiado, eu perguntei se ele queria entrar no motel, e ele topou.. entramos, eu dei uma apertada na coxa dele pra ver sua reação ele continuava meio desconfiado.. rsrsr.. (Mas o que aconteceu lá, fica para o próximo conto) bye bye ;* 

terça-feira, 30 de julho de 2013

CONTO - COMO TUDO COMEÇOU



Ola queridos tenho 23 anos, moro em uma cidadezinha do interior de santa Catarina, sou branquinha, 1,68 de altura, 66kg, um corpo legal, adoro fazer exercícios, principalmente agachamentos e atividades para o bumbum, tenho a bundinha redondinha e arrebitada, vou contar a vocês como tudo começou, quando eu tinha mais ou menos uns 15 ou 16 anos de idade, tenho 2 irmãs, uma 2 anos mais nova a Jessika e a outra de 4 anos Veronika, bem mais novinha, nessa minha idade era uma criança bastante curiosa. Um certo dia estava sozinho em casa assistindo televisão, meus pais e minhas irmãs haviam saído para ir ao mercado logo cedo, resolvi ir ao quarto de minhas irmãs abrir o guarda roupa, pois gostava de mexer em tudo, rsrs. Foi quando abri uma gaveta cheia de calcinhas, todas as cores e tipos, meus olhos chegaram a brilhar, me subindo uma sensação diferente, foi quando peguei uma delas, uma calcinha muito pequeninha cor de rosa que era da Jessika minha irmã que nessa época tinha uns 14 anos. Tirei toda a minha roupa e coloquei a calcinha, fiquei super feliz vestida com aquela peça feminina, me sentindo uma menina, desfilando pela casa toda, foi quando escutei um barulho na garagem de casa; vesti minhas roupas em cima da calcinha rapidamente e deitei no sofá para assistir TV novamente como se nada estivesse acontecido; minha mãe me perguntou se estava tudo bem, eu disse que sim. Estava tudo em ordem, minhas irmãs entraram no quarto, mas a gaveta de calcinhas estava aberta, minha irmã Jessika chegou na sala e me perguntou; Você mexeu nas minhas coisas?? Eu dice que não, nem sai do sofá, ela dice; hmmm.. ta bom! Mas com um olhas suspeito para mim, e ela só tinha 14 aninhos, mas era uma menina digamos Gostosa para a idade dela, eu fiquei meio sem graça após isso, pois ainda estava vestido com a calcinha dela, ao mesmo tempo adorando aquela peça em mim. Neste dia acabei ficando o dia todo com ela enfiadinha na minha bundinha. A noite fui tomar um banho, tirei minha roupinha e fiquei apenas com a calcinha de Jessika, tomei bainho com ela, alisando todo o meu corpo, afastei um lado da calcinha e resolvi colocar um dedinho em meu rabinho e massagear, estava adorando aquilo, estava ficando cada vez mais excitada e querendo me aventurar mais com tudo aquilo, sentindo meu dedinho no cúzinho...


Bom, após esse dia sempre que possível, ia correndo para o guarda roupa de minhas irmãs e sempre experimentava as suas roupinhas, vestidos, saias, sapatos, adorava ficar sozinha e virar ‘Diessika’ a outra menina da casa, rsrs, rebolava no espelho, desfilava pela casa toda montadinha, e ficava horas assim, me olhando me sentindo uma verdadeira Putinha. Fiquei assim por uns 5 anos mais ou menos, experimentando as roupinhas novas de Jessika, depois comecei a vestir as roupinhas de Veronika, adorava ter minhas irmãs para realizar essas minhas fantasias. 


Quando completei meus 21 anos comecei a namorar uma menina da faculdade, pois estava cursando Administração, era um rapaz bem apresentável sempre rodeado de mulher bonitas, emfim... deixei este meu lado por um tempinho, até terminar meu namoro com 7 meses de duração, fiquei um tempo aproveitando bastante, saia bastante em baladas, pegava muitas mulheres. As vezes minhas irmãs me acompanhavam nas festas, elas eram de parar o transito, meu sucesso com as outras eu devia a minhas irmãs que sempre me ajudavam também, e suas amigas sempre juntos em casa e nas baladas aonde íamos. 


Um certo dia voltando de uma festa, cheguei em casa e fui direto para o banho, estava um pouco bêbado, vi uma calcinha de Veronika, pequenininha ao lado da porta, caída.. na hora me despertou novamente aquela vontade louca de vesti-la, e foi o que fiz, tomei meu banho vestida com aquela calcinha deliciosa. Logo fui dormir pensando em tudo isso, estava novamente com Diessika saindo de dentro de mim. No dia seguinte Sabado acordei e por incrível que pareça um bilhete de meus pais, que haviam saído e ficariam o final de semana todo fora, voltariam no domingo a noite para casa, junto com minhas irmãs, eu chegará tarde aquela noite e provavelmente estaria com uma ressaca trementa, por isso não me acordaram para ir junto nesta viagem, na hora fiquei um pouco triste, por eles terem me deixado, mas por outro estava já pensando no que eu poderia fazer sozinho em casa naquele sábado, rsrs. IMAGINA!


Era o final de semana de Diessika, fiquei em casa montadinha o tempo todo, trocava de roupinhas, emfim.. até que resolvi entrar na internet, aquilo tudo estava me deixando louca, me despertou uma vontade de sair com outro homem, estava sonhando com uma rola grossa me pegando de jeito e me fazendo mulher de verdade pela primeira vez, entrei em um chat, e nada.. estava disposta a sair com alguém aquele dia, pois tinha um carro a minha disposição, iria para qualquer lugar aquele dia, apenas pra me satisfazer. Mas NADA, era novo naquilo, não conhecia nada, só depois fui saber o significado de Crossdresser, aonde comecei a me identificar mais, e onde criei oficialmente minha identidade ‘Diessika Cdzinha’ . (Continua....)




Uhuuulll

Uhuuulll
Maravilhosaa, tezão ao extremo!